The flag are keeping flying, Sir.

Dizer alguma coisa relacionada a Sir Matt Busby, significa dizer algo monumental.

Busby jogou em Liverpool e no Manchester City, mas foi em seu eterno rival, o Manchester United, foi onde Matt Busby, se tornou Sir Matt Busby.

A história que ele escreveu, com o time que treinou, os ‘Busby Babes’ da temporada 1957/58, estarão marcadas para sempre.

A torcida do Manchester United (perode-me minha falta de compreensão, a torcida inglesa) deve muito a este homem, que fez uma das maiores equipes da história do futebol Mundial.

– Sir, the flame are keeping strong. (Sir, a chama está se mantendo forte).

God bless you, Sir Matt Busby. (Deus lhe abençoe, Sir Matt Busby.)

Arte do Futebol. Um blog futebolisticamente artístico.

Amanhã: Eusébio, o moçambicano que fez história nas Asas da Águia ETERNA do Benfica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s