Simplesmente, o REI DE ROMA.

Falcão era volante? meia? atacante?

Não dá pra falar o que (ou em que posição) ele jogava.

Um jogador com porte físico invejável, que corria o campo todo durante 90 minutos e, se deixassem, coria mais 90 por conta própria.

Alto, cabeceava bem, finalizava muitíssimo bem com as duas pernas…chute de meia dstância era com ele.

Chegou em Roma, após ser Deus no Beira-Rio.

Na capital italiana, Falcão era – e ainda é – símbolo de Rei.Rei que comandava a todos com suas jogadas maestrais, que levaram o Olímpico de Roma ás nuvens…foi desse jeito, que Falcão se tornou um REI.

O REI DE ROMA!

Arte do Futebol. Um blog futebolisticamente artístico.
Amanhã: Telê Santana: O treinador mais marrento e, ao mesmo tempo, um dos treinadores mais cultuados na história do futebol mundial.

Anúncios

Um comentário sobre “Simplesmente, o REI DE ROMA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s