Bentinho escreveu seu nome no futebol discretamente

Atacante era um jogador versátil e que incomodava a zaga adversária. FOTO: Revista Placar

Antônio Bento dos Santos, o Bentinho, nasceu na cidade de Montes Claros, interior de Minas Gerais, no dia 18 de dezembro de 1971. O atacante começou sua carreira nas categorias de base da Portuguesa e em 1989, ele sobe para o time profissional, sendo a grande promessa do clube. Na Lusa, o jogador permaneceu por quatro anos. Além disso, ele atuou ao lado de Denner, que faleceu após um acidente de carro em 1991.

Já em 1994, devido as suas atuações e grande faro de gol na Portuguesa, Bentinho é emprestado para o Al-Hilal, da Arábia Saudita e em seguida para o clube japonês Verdy Kawazaki. No ano seguinte, o atacante se transfere para o São Paulo. No Tricolor paulista ele foi artilheiro marcando 20 gols, junto com Paulinho McLaren, da Lusa. Por causa desta marca, ele retorna para o Japão, só que para o Kashiwa Reysol.

No entanto, em 1996 Bentinho volta para o Brasil e se transfere para o Botafogo. No segundo ano pelo alvinegro, ele conquistou a Taça Guanabara, a Taça Rio e assim o Campeonato Carioca, seu único título na carreira.

Após o título pelo Botafogo, o atacante se transfere para o Cruzeiro em 1998. Entretanto, seu período na Raposa dura apenas seis meses e ele volta para o Kashiwa Reysol, do Japão. No clube nipônico ele permanece por um ano e meio.

Depois de seu tempo no Japão, sabe aquela história de que o bom filho a casa torna? Foi exatamente isso que aconteceu com Bentinho em 2000. O atacante volta para a Portuguesa, clube que o revelou para o futebol nacional e japonês. No entanto, o jogador não repetiu as suas atenções na primeira passagem pelo clube e no segundo semestre daquele ano, ele se transfere para o Atlético-PR.

Mas Bentinho atuou pelo Furacão somente seis meses e voltou ao futebol japonês, atuando em três clubes. Desta vez, o atacante defendeu o Oita Trinita, Kawasaki Frontale e no Avispa Fukuoka, o jogador encerrou sua carreira em 2004, com apenas 33 anos.

Após a sua aposentadoria, Bentinho resolveu morar em Montes Claros, interior de Minas, sua terra natal. O ex-atacante prefere não comentar sobre sua carreira no futebol, tanto que ele esqueceu o esporte e desde então ele tem praticado vôlei com os amigos. Enquanto era jogador, ele balançou as redes 73 vezes em 209 partidas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s