Ronaldo Luiz: O lateral-salvador do São Paulo

ronaldo luiz

Ronaldo Luiz atualmente é pastor em Contagem-MG (FOTO: GloboEsporte.com)

Ronaldo Luiz pode ser chamado de ídolo, pois temos dois que demonstram bem o que é ser jogador de futebol. Um é bem mais conhecido que o outro. O Ronaldo Luiz Nazário até o início deste ano era simplesmente o atacante do Corinthians, tri-campeão mundial e que tenta levar o Corinthians inédito título da Libertadores. O outro, bem menos alardeado pela imprensa, surgiu em 1992, mas marcou a história do São Paulo. É dele que vamos falar.

Ronaldo Luís Gonçalves nasceu na cidade de Belo Horizonte em 14/08/1966. exatamente 19 anos após a rendição japonesa que definia o término da 2ªGuerra Mundial.

Após atuar com certo destaque pelo América Mineiro, em 1992, ele foi indicado por Telê Santana para assumir a lateral-esquerda do São Paulo. Seria uma missão complicada, e ele sabia disso.

Era a grande chance dele, e ele a segurou com o máximo de força possível. Assumiu a posição com o tempo, que lhe reservara uma surpresa.

Realmente, seria 1992 o ano em que ele, Ronaldo Luiz, um cara simples, pacato, entraria pra história do São Paulo, não por fazer gols, mas por evitá-los.

Não foi nenhum Luis Suárez, todo desesperado; Salvou com firmeza.
No total, foram oito gols salvos pelo lateral. Dois deles entraram para a história do torcedor são-paulino.

Final da Libertadores, 1992. São Paulo versus Newell’s Old Boys, da Argentina. Ronaldo Luís salva uma chance clara de gol dos argentinos em cima da linha. Pronto! Ali já estava consolidada a fama de “salvador da linha” tricolor.

Mas o mais importante ainda viria. Com o São Paulo sendo campeão daquela Libertadores, o jogo final seria contra o Barcelona, atual campeão europeu.

Com o placar do jogo empatado , Ronaldo Luís salva novamente uma bola em cima da linha, e ajuda a pintar o mundo com as cores, vermelho, preto e branco.

Ele só fez dois gols durante a passagem dele no clube (foram 109 jogos).

Dá pra dizer que ele foi profissional literalmente para jogar no São Paulo, pois após sair do clube, sofreu com lesões e cirurgias (uma delas, mal realizada).

Se aposentou cedo, aos 28 anos, mas faz com que todos os são-paulinos tenham respeito por este nome.

Um nome que não fez gols, mas que ajudou a salvá-los.

Anúncios

Um comentário sobre “Ronaldo Luiz: O lateral-salvador do São Paulo

  1. Falam do Raí, Muller, Cafu, Zetti, Palhinha… com méritos! Todos eles foram formidáveis… um conjunto maravilhoso…
    Mas eu guardo com carinho as ultrapassagens, cruzamentos, e claro, todas as intervenções salvadoras do nosso HOMEM-TRAVE!

    Que Deus o abençoe onde estiver…

    Muito obrigado, Ronaldo Luís…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s